Veja 5 dicas de Motion Graphics para iniciantes

motion graphics

Caso você seja um iniciante em motion graphics, prepare-se para entrar em um reino profundo, onde sua imaginação será esticada até seus limites. De fato, há muito o que se descobrir sobre essa arte de “gráficos em movimentos”. O site Lesterbanks produziu algumas dicas importantes sobre motion graphics, para ajudar aqueles que estão iniciando seu aprendizado a darem seus primeiros passos. No início, isso pode parecer avassalador, no entanto, com o tempo, você será capaz de compreender cada vez mais sobre esse campo. Há muitas oportunidades de aprendizagem nessa área.

Conheça o landscape

Para conhecer o landscape, ou o panorama, você pode conferir o trabalho de estúdios de alto nível como Buck e Psyop. Isso permitirá que você entenda o que as pessoas estão fazendo de mais recente nesse campo e o que é possível criar com os recursos que você possui. Isso pode ser feito regularmente. Um bom começo também seria listar os estúdios cujo trabalho você admira e gosta, mantendo-se atualizado sobre o que andam criando. Outro site que pode ser visitado é o Motionographer. Este site é um agregador de todo o trabalho feito por vários estúdios no campo dos motion graphics. Manter-se a par das novidades nas redes sociais e notícias em vários sites dessa área também lhe fornecerá muitas informações.

Tutoriais, tutoriais e tutoriais!

Para aprender alguma coisa, a melhor maneira é pesquisar tutoriais online. Vários tutoriais, pagos e gratuitos, estão disponíveis na internet para te ajudar a estudar motion graphics, desde o básico sobre o After Effects, até técnicas mais específicas de animação. Os melhores designers gráficos os criaram. Passando por eles, você terá muitas informações sobre como criar motion graphics. O YouTube é outro recurso muito valioso para se aprender a criar motion graphics e muitos iniciantes começam pesquisando nele. No entanto, quando você passa por esses tutoriais, precisa ter cuidado para não deixar o seu trabalho exatamente como o de outra pessoa. Você pode aprender e se inspirar com o trabalho deles, no entanto, tente criar seus próprios motion graphics. Originalidade é importante, use as ferramentas e tutoriais à seu favor e crie seu próprio estilo, mesmo que leve algum tempo para desenvolvê-lo.

Dissecar e descontruir

Às vezes, dissecar as coisas para aprender algo novo pode não ser muito fácil. No entanto, muito pode ser aprendido pela dissecação de um projeto de animação gráfica criado por outra pessoa. Você pode conferir templates de efeitos pré-prontos, que lhe darão informações valiosas. Dissecá-las permitirá que você aprenda as ferramentas e técnicas do campo, como o que foi usado para se conseguir um determinado efeito ou animação. Embora haja vários sites que ofereçam modelos de efeitos à venda, o Motion Array é um bom lugar com recursos disponíveis. Este site tem um modelo de assinatura, ao contrário de muitos sites, que têm um modelo de pagamento por download. Também oferece vários modelos gratuitos, dos quais os iniciantes podem aprender.

Aprenda as regras e então aprenda a quebrá-las

A criação de motion graphics é subjetiva. Designers diferentes tem gostos diferentes. O que pode ser bom para um cliente pode não ser bom para outro. Para se criar designs gráficos atraentes, um iniciante precisa aprender as regras. Bons recursos de design, como técnicas de composição, paletas de cores, hierarquia e diretrizes de legibilidade, precisam ser aprendidas para a criação de motion graphics atraentes. Os melhores designers gráficos implantam esses recursos em vários projetos. Eles aprenderam os truques e aprenderam a quebrá-los. Sites como o Kuler ensinam os conceitos básicos de bons motion graphics. No entanto, improvisar sobre os projetos será o seu papel.

O ABC da tipografia

Se você está no campo dos motion graphics, sem dúvida você estará usando animação em algum momento. De fato, você estará planejando e animando fontes mais do que pode imaginar. Portanto, é preciso aprender os meandros da tipografia, quais são os “in’s” e “out’s”, composição, formatação, seleção de fontes, etc. Há vários recursos onlines para se aprender tipografia prática. Um deles é o practicaltypography. Este site online gratuito possuiu um e-book que ensina as regras da boa tipografia.

Utilizando essas dicas como um guia para iniciar sua jornada no mundo dos motion graphics te levará a um longo caminho. Depois disso, é tudo sobre praticar bastante e aprender com cada projeto.

Para saber mais sobre notícias relacionadas, acesse YMDA News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *